Fui!

Esse é o último post no Brasil!

Daqui a duas horas eu vou para o Aeroporto. De lá eu sigo para Atlanta onde eu ficarei um dia. Depois Minneapolis, onde ficarei mais um dia. Então para Duluth, onde vou dormir, e na sexta eu pego o busa pra Lutsen, onde fica o Cascade Lodge.

É isso. Gostaria de deixar esse post para agradecer a todo mundo que me desejou boa viagem, por e-mail, msn, pessoalmente, enfim! Muito obrigado a todos vocês!

E o próximo post já é lá!!!

P.S. Temperatura agora em Lutsen: -10ºC e sol.

Caiu a ficha

Que eu vou ficar 3 meses fora…
Que eu vou ter que trabalhar bastante…
Que eu vou estar muito longe de casa e se der problema eu que terei qu e resolvê-lo.
Que eu vou conviver com muita gente diferente.
Que eu vou comer coisas muito diferentes do que estou acostumado, provavelmente em horários diferentes dos quais estou acostumado.
Que eu vou trabalhar, ter um chefe, terei de ser responsável e responderei por minhas ações no trabalho.

Mas que eu acho que vai ser uma experiência muito boa, isso eu acho!
Daqui a dois dias, meia-noite eu embarco nessa.

Quanto custa?

Eu não acho legal ficar falando de custos, mas muita gente me pergunta isso, então eu vou responder o seguinte: eu posso trabalhar de 35 até 50 horas por semana. Se eu trabalhar o mínimo, eu pago os custos que eu tive aqui no Brasil com essa viagem. Se eu trabalhar o médio, eu pago também os meus custos lá nos EUA, com alimentação e tal. E se eu trabalhar bastante (ou ganhar bastante gorjeta por urso espantado), me sobra um bocado de dólares pra trazer de volta pra casa. É isso. Vai depender de vários fatores, entre eles se o hotel estará lotado, se vai nevar bastante, que aparece mais gente, enfim!

É isso. Investimento caro, com retorno financeiro baixo, mas com retorno pessoal bem alto.

Malas (quase) prontas

Não sei como coube tudo na mala! As roupas ocupavam todo o espaço da cama do meu irmão, e coube em uma mala um quarto menor que aquilo…

Enfim, tem lá dentro: Botas de neve, sapatos quentes, muitas meias quentes, alguns moletons da Holanda, calças de bailarino(XD) pra colocar por baixo, calças grossas e quentes, gorros, cachecol azul do tempo da minha avó…

Tem também remédios. Muitos remédios que o meu médico falou pra comprar. “Leva isso que vai cobrir 90% de tudo o que você possa ter lá”. Não cobre ataque de urso… Mas tem remédio pra dor e anti-inflamatório… Deve dar. Será que ursos gostam de vodka? Eu conheço um que gosta.

Na carteira vai uns documentos, 20 centavos de dólar em moedas de 1 centavo… E umas fotos da minha menina fofa! Ahn, e um pouco de dinheiro também. É bom, né?

Na bagagem de mão vai mais umas roupas de frio pra eu colocar lá quando chegar no aeroporto. Na mão eu levo o casaco de 50 quilos pra -40ºC.

O mais estranho é que a mala não está lotada… Eu nem precisei abrir o zíper que dá uns cm a mais na lateral!!! (Mas eu provavelmente vou precisar desse espaço pra voltar…) O foda vai ser chegar lá e perceber que eu esqueci alguma coisa… o.O

Não vou levar o meu notebook. Além de não ter como conectá-lo à internet lá, eu terei um computador disponível para checar e-mails e atualizar esse blog. Só não sei o que eu vou fazer em relação aos acentos…

P.S. Alguém reparou que o horário do blog já é o horário de lá?

P.P.S. Estou indo pra minha festinha de despedida! Até mais!

My Workplace

Como eu já disse antes, o lugar que eu vou trabalhar se chama Cascade Lodge. É um resort de inverno enfiado nesse lugar do post abaixo. Parece ser legal, pelo que eu vi das fotos do site. O problema maior é que são várias cabanas separadas umas das outras, ou seja, lá estarei eu limpando uma cabine… E quando terminar, corre pulando na neve a zero graus até a próxima cabine… (Pelo menos eu acho que vai ser assim).

Desse jeito eu não sei se eu vou engordar ou emagrecer. O meu médico falou pra eu comer bastante carboidratos, assim eu vou passar menos frio. (E provavelmente engordar). Só que se eu ficar correndo de um lugar pro outro (e dos ursos), eu vou emagrecer…

O lugar é muito bonito, ou as fotos que eu vi fazem mágica. Mas é meio esquisito que a maioria das fotos sejam tiradas no verão, ou seja, sem neve, se a maior atração do lugar é ser um resort de inverno…

Vou ficar em um lugar dentro do resort, pelo que eu entendi, numa cabaninha que está marcado “Staff”. Pelo meu job offer, tem TV, cama e microondas. Deve ter porta e janela também.

Estou monitorando a temperatura de lá. Agora está 1ºC, nevando, com previsão de -3ºC hoje à noite. XD

A parte chata:

Nem tudo nessa viagem é um mar de rosas, tem algumas coisinhas chatas: A menor delas: vou cortar o meu cabelo curto (nãããããoooo!!!!).

A pior delas: ficar 3 meses longe da minha amada. Vai dar uma saudade bem grande, esse tempo todo sem vê-la vai ser uma tortura… Mas eu volto, aí vai ser muito bom matar as saudades! O jeito de não ficar pensando nisso, como eu disse pra ela, “é como se eu fosse até a padaria… mas ela não tem troco… e vai levar 3 meses pra arrumar troco…” o.O

É pra lá que eu vou.

(acabou de piscar a luz e eu vou ter que escrever esse post pela segunda vez)

Eu vou para uma cidade chamada Lutsen, que fica no estado de Minnesota, um estado que faz fronteira com o Canadá, bem ao norte e no meio dos Estados Unidos, do lado esquerdo dos Grandes Lagos. Aliás, o resort onde eu vou ficar se chama Cascade Lodge e é na margem do lago superior.

Caso vocês não tenham reparado o lugar para onde vou está marcado no mapa no topo desse blog.

Falando em lagos, eu queria saber se os Grandes Lagos são de água doce ou salgada. Deve ser doce, senão seria mar e não lago. De qualquer jeito deve bater um ventinho úmido (e gelado) ali.

Segundo o Weather Chanel, a temperatura média de dezembro a fevereiro é entre -5 e -15ºC, com mínima histórica de -37ºC. O meu chefe, em resposta a um e-mail meu, me disse para levar um casaco que aguente -40ºC. Frio pra caramba! Aliás, depois eu falo das roupas que eu comprei pra levar.

Sério, gente. Eu estou com medo dos ursos. Olha lá no Google Earth, só tem floresta em volta de onde eu vou trabalhar, as coordenadas são 47°42’22.82″N, 90°31’49.31″W (cola isso no “fly to”). Vai dar o Sax lá espantando urso com uma vassoura: “Xôooo, xôoo… Xô.a.a.aaaaaAAAAAAA!!!!”. Não, isso não vai dar certo, espero que me ensinem a atirar.

O foda é que o lugar é meio afastado mesmo. Tem uma cidade pequena chamada Grand Marais a 5 km pro norte. Ao sul, além das cidades pequenas, a cidade grande mais próxima é Duluth, onde fica o aeroporto no qual vou descer, a 160 km de Lutsen. A vantagem é que tem um ônibus da GreyHawk que vai até Duluth que passa na porta do resort, que fica à beira da rodovia 61N. No meu guia do intercambista das galáxias está escrito que a forma mais barata de viajar nos EUA é com o busa da GreyHawk. Resta saber: barato quanto? (Se bem que deve ser umas 3 horas de viagem… não vai dar pra ficar indo todo dia…)

É… pra lá que eu vou!

O que é essa viagem, afinal?

Antes de explicar o que é essa viagem, o que é esse blog.

Esse blog será o meu diário de viagem. Isso quer dizer: sinto muito, meus leitores, vocês não serão o meu público-alvo, ele será eu mesmo. Mas como todo mundo me pede para “mandar notícias” da terrinha do tio sam, eu resolvi abrir o meu diário de bordo pra quem quiser ler. Então aqui não esperem literatura, filosofia ou pseudo-antropologia-cultural, porque aqui não vai ter dessas frescuras não, só coisinhas do tipo. “Hoje eu vi neve pela primeira vez. E sim, ela é fria e molhada”.

Agora a viagem:

Eu, acompanhado de meu amigo Bruno (vulgo Bidula), vou para os Estados Unidos trabalhar 3 meses, eu embarco nessa segunda-feira, dia 18 de Dezembro, para voltar no dia 23 de Março. Vou trabalhar de camareiro e auxiliar de cozinha, provavelmente vou fazer de tudo um pouco de hotelaria lá. E falar inglês… Falar bastante inglês… Essa é a parte boa, inflar um pouco meu currículo vazio.

Eu vou pra Lutsen, Minesota. É um estado pertinho do Canadá. Li na internet que a temperatura média lá e de -5 a -15 graus… Eu VOU passar frio, anyway.

Fiquem atentos à esse blog nos dias que antecedem a viagem, vou colocar um pouco sobre os preparativos, sobre o local para onde vou, e outras coisitas más.